Início

Estágio actual da Ilha da Inhaca: Características da pesca praticada em Inhaca

Print

A pesca é uma atividade extremamente importante na Ilha uma vez que é praticada por quase 95% da população, é feita em moldes artesanais pelo sector familiar para subsistência. Uma pequena parte dos pescadores integrados em associações e outros singulares possuem embarcações a motor, pescam no alto mar e o fruto desta pesca é comercializada na cidade de Maputo. Das espécies capturadas destacam-se: peixe pedra, peixe serra, peixe ladrão, vermelhão, tubarão, garoupa, tainha e outros mariscos (camarão, caranguejo, lulas, polvo e lagosta). O distrito não possui facilidades de processamento de produtos de pesca

A Ilha da Inhaca nos anos 80 já teve um projecto de cultivo de mexilhão, sendo este antigo projecto a prova que esta Ilha é um bom local para o cultivo deste organismo. Os mexilhões são moluscos bivalves marinhos que vivem aderidos a substrato consolidados, tendo nos costoes rochosos seu habitat principal. São animais filtradores, com alimentação baseada principlamnete em microalgas, mas  também  zooplâncton que completam a sua dieta. ). É um  bom “candidato para aquacultura” por ter boa adaptação às condições adversas do ambiente como variação de salinidade e temperatura além de grande disponibilidade de larvas (Hickman, 1992 citado por Cochôa, 2005).

O cultivo de mexilhão nas comunidades pesqueiras, irá capacitar as comunidades locais em técnicas de cultivo de mexilhão, ajudando deste modo para a exploração sustentável dos recursos pesqueiro. Também poderá contribuir para acrescentar e diversificar os seus meios de subsistência, diminuindo assim a dependência nas suas fontes primárias de sobrevivência e por consequente o aumento das condições de vida para as famílias dessa comunidade.